sexta-feira, junho 01, 2007

dureza da realidade


"...PRINCÍPIO 9º (Decl. dos Direitos da Criança)A criança gozará protecção contra quaisquer formas de negligência, crueldade e exploração. Não será jamais objecto de tráfico, sob qualquer forma.Não será permitido à criança empregar-se antes da idade mínima conveniente; de nenhuma forma será levada a ou ser-lhe-á permitido empenhar-se em qualquer ocupação ou emprego que lhe prejudique a saúde ou a educação ou que interfira em seu desenvolvimento físico, mental ou moral..."
não basta legislar... urge actuar!
urge mesmo!

7 comentários:

o guardião disse...

À s vezes é preciso um dia especial para que as atenções se possam focar nas crianças e no seu desenvolvimento. Quem teve a felicidade de crescer ou viver entre famílias numerosas e com um ambiente saudável, sabe que o dia-a-dia é confuso, por vezes caótico, mas que os bons momentos são intensos e perduram na memória. A chamada civilização e as relações cada vez mais distantes dum mundo cada vez mais exigente e sufocante, afastam-nos definitivamente da alegria de vermos crescer os filhos e já só podemos dar um pouco de mais atenção aos netos, quando os temos.
A felicidade e o crescimento harmonioso das crianças dependem de condições de vida aceitáveis, mas também do tempo e da atenção dos progenitores , ou de adultos que os apoiem a cada passo ajudando-os a cruzar os caminhos e as dificuldades inerentes ao crescimento e amadurecimento.
Mais que os brinquedos, mais do que as condições materiais, a atenção e a presença.
Abraço

adrianeites disse...

estes dias servem um pouco para isso!
efectivamente a civilização, como refere, está a alterar tudo.... veja-se que até o natal tem perdido força de ano para ano!

Sulista disse...

Pois é...os Direitos na Teoria são uma coisa...e na prática...é o que se vê...tds os dias...


A proposito, sabes que nestes 2o e tal dias que a menina MAdeleine está desaparecida, já desapareceram ou foram roubadas 800 crianças no Reino Unido?...impressionante não?



Bom Sábado****

adrianeites disse...

800??? não fazia ideia disso. é alarmante!
algo se tem de fazer...

Laurentina disse...

Eu não consigo comentar este tipo de imagens ...

Nuno disse...

Uma Imagem vale por mil palavras. seria tempo de todos pararem de olhar apenas para o umbigo, e verem estas tristes situações

Pipinha disse...

Resta saber é quando... Besitos!