quinta-feira, julho 26, 2007

este é o meu melhor post de sempre!


Como Exemplo do ciclo da vida do produto coloquei a imagem de um produto que apareceu no mercado nacional há dois anos e pico. apareceu sob a forma tradicional deste género de produtos com um pequeno restyle. o teleponto nos discursos foi um chamariz para consumidores já muito saturados desdes produtos. este produto surgiu fruto da má qualidade dos sucessivos produtos anteriores, de tão má qualidade que muitos deles não aguentaram o ciclo tradicional.
Ainda assim este produto cresceu, sustentado numa caixa apelativa cuja imagem prometia ser um bom produto. especialistas dizem até que este produto teve quase toda a publicidade enganosa.
Esta publicidade enganosa resultou muito bem e o produto atingiu o seu apogeu, a maturidade tão desejada!
No entanto a estratégia de marketing nunca foi a melhor e este produto encontra-se ja hoje em decadência. no meu humilde modo de ver as coisas a estratégia de manutenção do mercado foi demasiado agressiva, autoritarista até! e por isso as encomendas deste produto têm vindo a diminuir... lentamente é certo...


a devida explicação técnica:


O ciclo de vida de um produto é um conceito que descreve a evolução de um produto ou serviço no mercado dividindo-a em em quatro fases, cada uma das quais com características específicas e, por isso, com orientações estratégicas diferentes:
Introdução - Período logo após o lançamento do produto e que se caracteriza por um lento crescimento das vendas, poucas empresas em competição e, geralmente, um elevado risco e baixo retorno financeiro para as empresas. A aposta estratégica é a colocação da ênfase na inovação e na qualidade.
Crescimento - Período que se caracteriza por um crescimento exponencial da procura acompanhada de uma tendência de massificação do produto ou serviço e uma melhoria substancial da rentabilidade das empresas. É um período também caracterizado por uma grande volatilidade competitiva com nuitas empresas a entrarem e a sairem do mercado. A aposta estratégica é a colocação da ênfase na qualidade, na redução de custos, nos canais de distribuição e no lançamento de novas versões do produto para conquista de quota de mercado.
Maturidade - Neste período o ritmo de crescimento das vendas dá sinais de abrandamento e intensificam-se fortemente os níveis concorrenciais entre as empresas, visíveis nas frequentes guerras de preço e publicidade. As principais apostas estratégicas são o lançamento de novos produtos e serviços complementares com o objectivo de conseguir diferenciar a oferta e conquistar o domínio em determinados segmentos de mercado. Continua a aposta na colocação da ênfase nos baixos custos e agora também na comunicação.
Declínio - Neste período a procura entra em derrapagem, os lucros sofrem uma rápida erosão e um número elevado de empresas abandona o mercado. A aposta estratégica é agora manter apenas as variedades de produtos mais competitivos abandonando os restantes.

18 comentários:

Sulista disse...

LOL...é sem dúvida, um excelente post Adrianeites! ;-)

Pena que mesmo com o produto já fora de prazo e já com o mercado saturado, ainda o façam render até 2013 :-(
...será que metade dos eleitores são assim tão masoquistas? ou então, há muitos boys_bufos...tristeza. A luta continua!

ABraços :-)

adrianeites disse...

pois é sulista... este produto pode durar até 2013 porque como é sobejamente reconhecido este tipo produto tem perdido consumidores e também porque os produtos concorrentes estão também em declinio!

cp's

Kaos disse...

Se há pessoa que me irrite neste país é o Sócrates pela arrogância, mas sobretudo por ter transformado o Partido Socialista num partido totalmente neoliberal. A verdade é que neste momento quem governa já não é o governo (esse só administra) mas sim o poder económico e financeiro. A politica globalizante matou a democracia e tirou-nos qualquer possibilidade de escolhermos um futuro diferenjte. Pelo menos pela via eleitoral porque a revolução é sempre possivel.
bjs

C Valente disse...

Antes de mais as minhas desculpas pelo engano, foi sem intenção nem ofensa, mas uma troca pois estava a responder e maioritariamente eram senhoras.

Não acreditar nos publicitários, estamos avisados, dos vendedores de banha da cobra, já estávamos esquecidos, e então muitos foram no engodo, compraram um produto, daquele tipo remove tudo, tira todas as nódoas, e quando verificamos passado uns tempos afinal o produto é tão mau como os anteriores ou pior, estraga mais a roupa,
Em 2009, podemos reclamar e enviar á procedência, e esperamos que nos vendam um melhor produto, gostei da abordagem sobre o produto e métodos,
Saudações amigas com um abraço grande á homem para homem

Savonarola disse...

O melhor post de sempre! Sem dúvida, aplaudo efusivamente. Agradeço o convite para visitar o seu blog, pelo qual o felicito, com todo o prazer.
Embora a minha área de formação esteja a milhas abaixo da sua área - a minha é a da política baratucha e de má qualidade que nos rodeia, se é que me faço entender - esta análise do produto Senhor Sócrates é basilar e típica de um determinado ciclo: o de como um produto inicialmente mau acaba, aos olhos do consumidor, como inevitavelmente, irremediavelmente, definitivamente mau, tornando-se imprescindível a sua imediata retirada das prateleiras. Do poder, no caso vertente...
Um abraço anarquista

jackim disse...

bela abordagem! elaborada, criteriosa, vindo de alguém que domina o marketing?

PTT disse...

Excelente abordagem. Na impossibilidade de por um link copiei a imagem.
Parabéns pelo post.

Zé Povinho disse...

Caro amigo
Estou de volta, depois dum interregno para carregar as baterias, e começo logo por ver um artigo sobre o prazo de validade dum produto que já retirei das minhas prateleiras, por estar estragado, mas devo recordar que há sempre uns actores contratados por terceiros, que fazem uns spots publicitários manhosos e também estão dispostos a responder a uns quantos questionários, mais tarde transformados em sondagens sobre a aceitação dos ditos produtos, bafientos e fora do prazo de validade.
Gostei também de ler o post anterior "blogger" que traduz o espírito que tenho ao alimentar o meu espaço.
Abraço

Professorinha disse...

Está muito optimista este gráfico... por mim já deveria estar no fundinho dos fundinhos..... Eu não uso o produto, sou obrigada a usá-lo...

:)

adrianeites disse...

kãos:obrigado pela visita, concordo plenamente! socrates é demasiadamente arrogante.. e de facto o Ps está completamente descaracterizado!

c valente:obrigado pela visita, não tem de pedir desculpa! eu tinha visto logo que era gralha!..
este excerto do seu comentário está sublime "e então muitos foram no engodo, compraram um produto, daquele tipo remove tudo, tira todas as nódoas, e quando verificamos passado uns tempos afinal o produto é tão mau como os anteriores ou pior"

savanarola:obrigado pela visita, obrigado pelas palavras!
honestamente não percebi a questão da área de formação.. vou até perguntar.lhe..lol
enfoco no seu comentario:"um produto inicialmente mau acaba, aos olhos do consumidor, como inevitavelmente, irremediavelmente, definitivamente mau"

jackim:obrigado pela visita, obrigado! não domino marketing, até gosto de marketing e tal mas a minha ligação com o marketing resume-me a uma cadeira anual no 4º ano... deu para aprender umas coisitas.. ainda vou postar aqui mais umas coisitas sobre o marketing..

ptt:obrigado pela visita, obrigado! fico contente com postagem da minha foto!

ze povinho: obrigado pela visita,bem vindo de volta! ja tinha reparado que:"produto que já retirei das minhas prateleiras, por estar estragado"
quanto ao artigo do blogger julgo ser concensual pensar um blogger dessa forma!

professorinha:obrigado pela visita, a marca que fiz no grafico foi aquela que um estudo de mercado revelou...lol lol
gostei de:Eu não uso o produto, sou obrigada a usá-lo..."

cumprimentos a todos!

C Valente disse...

Feliz daquele em que a realidade ultrapassa um sonho de amor

Savonarola disse...

Caro adrianeites,

Venho aqui só esclarecer a questão da "formação", que referi no meu comentário. Tem a ver com a sua licenciatura em Contabilidade e Administração, que se reflecte - com grande qualidade - neste seu post. Analisar o Senhor Sócrates, como se de um produto se tratasse, é excelente e resulta optimamente. Pelo meu lado, gostei imenso.

Saudações cordiais

aryana disse...

Mas que belo produto!!!
O problema é que poucos se deram ao trabalho de ler as letrinhas muito pequeninas da embalagem,e o resultado está aí!!imensas pessoas a sofrer de indigestão e de outras patologias pelo já consumido e pelo que ainda terão de consumir.
See you

adrianeites disse...

savanarola:
ok...lol.. era como pensava..lol
não era grave! mas já agora permita-me que lhe diga que os seus textos e comentários têm, do meu ponto de vista, elevada qualidade e credibilidade!

cp's

aryana: a das letrinhas está muito boa!

cp's

PTT disse...

Grato pelas suas palavras.
Sempre que possível e caso não o incomode procederei da mesma forma.

Saudações Paulenses

Laurentina disse...

Olá Adriano ,
cheguei , foste o primeiro que vim visitar e tunga logo 5 estrelas ...
Bom ,muito bom ,excelente ,gostei do post ,do produto... nem para lavar a minha retrete o usava.Mas como é o que estão a obrigar a comprar na cantina , comprei uma embalagem para matar os congolotos que sempre vão aparecendo na terra das minhas plantas .Não deu resultado .Deitei fora , mas vieram por-mo á porta os "Almeidas "e ainda fui multada porque não atei a saca do lixo!!!

Beijão grande

o guardião disse...

Chamem a ASAE...
Ao voltar de férias deparo-me logo com produtos estragados, os da prateleira, evidentemenete.
Bom post, mas não vale para tirar férias sem avisar a malta.
Cumps

adrianeites disse...

Laurentina: obrigado pela apreciação! mais vale usar um produtozinho credivel para a casa de banho!

Guardião: férias?? isso queria eu... em julho mudei de emprego.. mudei para um grupo de empresas que me tem dado muito que fazer...vou ver se consigo uma semanita mais lá para a frente... para alem do trabalho também houve o nascimento da minha afilhada (sobrinha) que me tem fixado os olhos!

cp's