terça-feira, julho 17, 2007

trabalha pá! deixa-te de coisas!

Reforma da segurança social "é insuficiente"Economistas propõem aumento da idade da reforma para assegurar sustentabilidade do sistema



há coisas que me custam encaixar... então o objectivo da sociedade não deve ser promover o bem estar da sociedade?!?

como pode alguém referir o aumento da idade da reforma como solução para a sustentabilidade do sistema?

será que fossem pessoas competentes a gerir as contribuições de segurança social a rentabilidade não seria outra?

....ok.. foi um desabafo,... ai estes 2 economistas!!!!!! quem será que encomendou este estudo!!!!!??????????

deve ter sido um sindicato ou uma qualquer comissãoi de trabalhadores.....


desculpem leitores!!!! eu devia dar respostas e não perguntas,...


________//_________________

"made in mail"







Um velho árabe muçulmano iraquiano, a viver há mais de 40 anos nos EUA, quer semear batatas no seu jardim, mas cavar a terra já é um trabalho demasiado pesado para ele. O seu filho único, Ahmed, está a estudar em França, e o velhote envia-lhe a seguinte mensagem:"Querido Ahmed, sinto-me mal porque este ano não vou poder semear batatas no jardim. Já estou demasiado velho para cavar a terra. Se tu estivesses aqui, todos estes problemas desapareceriam. Sei que tu remexerias e prepararias toda a terra. Beijos do papá." Poucos dias depois, recebe a seguinte mensagem: "Querido pai, por favor, não toques na terra desse jardim. Escondi aí umas coisas. Beijos, Ahmed."Na madrugada seguinte, aparecem no local a Polícia, agentes do FBI e da CIA, os S.W.A.T., os Rangers, os Marines, os Steven Seagal's, os Silvester Stallone's e alguns mais da elite norte-americana, bem como representantes do Pentágono, da Secretaria de Estado, etc. Removem toda a terra do jardim à procura de bombas, ou material para as construir. Porém, não encontram nada e vão-se embora, não sem antes interrogarem o velhote, que não fazia a mínima ideia do que eles procuravam.

Nesse mesmo dia, o velhote recebe outra mensagem:"Querido pai, certamente a terra já está pronta para semear as batatas. Foi o melhor que pude fazer dadas as circunstâncias. Beijos, Ahmed."

8 comentários:

Anónimo disse...

Uma vergonha é o que é...Esta gente quer lá saber do bem-estar da sociedade?!


Vergonha é coisa que tb não têm portanto...


Abraços

Sulista

o guardião disse...

Hoje falas do engenho. Por cá temos falta dele e até há uns senhores que acham que a sustentabilidade da segurança social se alcança, se ninguém dela usufruir, com umas excepçõezinhas -ELES.
Já a dos STATES, o tal filho do iraquiano foi suficientemente engenhoso para conseguir que alguém lhe fizesse o trabalho pesado.
Boa malha
Cumps

adrianeites disse...

pois é sulista.. essa gente esta-se mesmo nas tintas!

na mouche guardião: as reformas milionárias.... e são tantas!!

cp's

C Valente disse...

Os economistas, com mais de um "tacho" ,não conhecem a palavra solidariedade, bem comum, o estado deve server o cidadão, e não ´e o cidadão que deve serveir o estado
anda tudo ás avessas.
Saudações

pinto madeira disse...

bem...

sempre ouvi (e ouço) o meu pai a dizer.. "esta malta nova nao quer trabalhar.. " vai daí algum economista deve ter um pai igual ao meu.. e desenvolveu um estudo mui mui interessante... (aiiii que hoje nao me apetece trabalhar!!)
;o)

Belzebu disse...

É o desrespeito total pelas pessoas que passaram uma vida a trabalhar e que lhes vão mudando as regras ao sabor das várias incompetências!

Gostei do engenho iraquiano! A histeria americana até deu jeito!

eheh!! Um abraço infernal!

adrianeites disse...

C Valente: è bem verdade! isto anda mesmo tudo ás avessas!

PInto Madeira: é um prazer a visita (a tua visita.. posso dizer assim?)

Belbezu: um desrespeito! é triste assistir a isto!

cp's

C Valente disse...

Obrigado pelo comentário
saudações amigaveis