sábado, dezembro 15, 2007

dados malucos


.......................................................................................................................



Nesta semana foi assinado o denominado Tratado de Lisboa, com pompa e circunstância e doravante está aberto o caminho para os estados membros ratificarem, pela via parlamentar ou pela consulta popular, este tratado que é bastante (mas mesmo bastante) confuso.


Sou Europeísta e acho que compete à Assembleia da Republica aprovar (neste blogue já escrevi a razão porque penso assim).


No fundo este texto pega no anterior, muda umas alíneas aqui, remete outras para acolá e por isso está pouco clarividente.


Confuso será também a forma de liderança da U.Europeia. Neste momento não sei se para melhor ou pior mas parece-me evidente que o papel do futuro presidente do concelho poderá ser antagónico com o do presidente da comissão! A ver vamos!



...........................................................................................................................





A cimeira deBali não gera consensos. Assim vai este mundo!



............................................................................................................................



Clique na foto para ver apresentação power point




....................................................................................


http://marginalzambi.blogspot.com/


ali fui levantar o selo!





........................................................................................................

fico por isso feliz e por isso aponto também como blogues porreiros todos aqueles que estão aqui na barra lateral direita que se intitula "+ blogs"

11 comentários:

Laurentina disse...

Olha caramba ja fiquei com os olhos em bico...por causa desses dados!
As voltas que eu já dei aos olhos para tentar ver a volta que isso tem ...desisto se não ainda me salta um olho do sitio!

bom fim de semana
beijão grande

ps. não te esqueças de ir buscar os dois selos que la tens atribuidos

césar Luciano disse...

efeito 3D não é?

cumps

Menina do Rio disse...

Pois é, né...polos. Aquela foto foi feita em março (ainda verão aqui) mas não quer dizer muito. O inverno aqui é bem acolhedor; varia entre 17 e 25 graus...
Obrigada pelo selo do blog "porreiro", mas podes me explicar de onde deriva essa palavra, rs...eu já ia pensar m...ô mente suja... Imagino que seja o equivalente a "porreta" (expressão usada na Bahia para traduzir algo muito bom)

te deixo um beijo e votos de um bom domingo

O Guardião disse...

Hoje tenho que discordar quanto ao processo de ratificação do Tratado e por duas razões maiores:
1ª Este é idêntico à defunta Constituição, do qual herda quase tudo, ficando de fora apenas a simbologia e uns quantos detalhes menores de representatividade dos Estados, bem como alguns prazos de aplicação de certos princípios em alguns países. Para quem tem dúvidas basta consultar o texto que está disponível, que até atira para o articulado anterior, como se tivesse existência formal, o que o torna mais complexo, intencionalmente.
2ª Os políticos, e isto vale para cá ou para outro país qualquer, têm de honrar a sua palavra, não podendo vir a fazer acordos entre si, para depois contrariarem aquilo a que se comprometeram. Isto se não querem perder a pouca credibilidade que ainda têm perante as opiniões públicas dos seus países.
Parabéns pelas distinções.
Cumps

C Valente disse...

Parabens pela nomea�o
quanto ao tratado penso ser s� fantochada, desculpa
Sauda�es amigas

Zé Povinho disse...

A imagem é mesmo boa e a apresentação também. Quanto ao Tratado, espero que haja referendo, porque é muito feio prometer e não cumprir, além de que lhes compete, a quem o elaborou, explicar aquela trapalhada e as suas consequências.
Abraço do Zé

Carol disse...

A imagem é muito boa!
Parabéns pela nomeação e obrigada por considerares que o meu blogue é porreiro.
Quanto ao Tratado de Lisboa confesso que não estou muito por dentro, mas esta Europa caminho para um rumo que não me agrada nada...

Sol da meia noite disse...

Com tratados, sem tratados, este mundo é confuso.
Tantas são quer as situações quer as pessoas que adoram baralhar mentes...
*

Tiago R Cardoso disse...

O tratado tem de ser rectificado em referendo, a utilidade dele será de permitir que se discuta o assunto e se possa explicar aos portugueses o que é.

Bali, gerou consensos, chegaram a um entendimento de um roteiro para novas negociações, presumo que nas próximas negociações se chegará a consensos para outras, entretanto caminhamos para o abismo.

quintarantino disse...

O Tratado já devia ter sido explicado aos portugueses. E aos europeus.
Sou europeísta até à medula, mas assim não vejo como querem que os povos, cada um, adira à ideia de uma Grande Europa.

Miguel Ângelo disse...

M.C.Escher tem uma explicação para os dados. Um feliz Ano Novo.