sábado, abril 03, 2010

se eu fosse sociólogo..

Se eu fosse sociólogo faria de um qualquer shopping o local de trabalho, sentar-me-ia numa mesa e passaria o tempo a observar a nossa sociedade, as nossas pessoas. Hoje tive de gramar umas boas 3/4 horas no shopping e deu para tudo... levantei me para comprar umas coisinhas no Jumbo e pensei.. eh pah o carro esta todo sujo.... E se o deixasse aqui a lavar enquanto vou comprar a abóbora e a hortelã?...hum.. e lá deixei.. Eram 10h20 da manha e o fulano, puto novo, trabalhador com vontade, só tinha um carro á frente do meu...
- Meia horinha e já posso voltar?
-Não, isto demora pelo menos 1 hora e 20 por carro, respondeu ele, sabe que é lavar e aspirar, estou sozinho...
- oookay...lá disse eu já tão arrependido de la deixar o carro a lavar... e pronto calmamente entrei no shopping (ainda com pouca gente).. Tinha 2 horas e 40 minutos para esperar... e só tinha sido mandatado para comprar: Hortelã (vazo), abóbora, tomate, pimento, alhos secos, feijão verde, maçã, pêra, laranja, banana, pão, umas latinhas para a luna e iogurtes... nada que um daqueles cestinhos pequenos com rodas não desse e ainda sobrasse espaço...
 
Optei por tomar um café, comprar um jornal e fazer horas. Ao meio dia fui comprar o que tinha na lista e 15 minutos maus tarde já estava despachado... voltei para o carro (a lavagem é no parque de estacionamento) e o funcionário ainda estava a lavar o carro por fora.... Por ser dentro do shopping (presumo eu) não devem poder contar com muita pressão de água e por isso o processo é lento... Pousei as coisinhas na carrinha e tal e fui outra vez para o shopping..
- Desculpe lá mas o carro que estava antes de si deu me cá uma trabalheira,  justificou-se o rapaz... você acredita que as jantes depois do carro limpo ainda pareciam sujas? - Perguntou ele..
 
Enquanto esperava, fui almoçar à pizzahut (que fome que já tinha) e reparei na diversidade das pessoas que "consomem" o shopping. Há os clássicos casais que de facto de treino adidas se passeiam com as duas mãos nos bolsos, passando o tempo... há os casais que discutem  entre si o que vão comer por exemplo como se estivessem no meio do deserto sozinhos.enfim.. isto não é uma crítica mas sim uma reflexão. É me muito difícil encaixar que as pessoas podendo consumir cultura gratuita (como as bibliotecas municipais) optem por passar o tempo num shopping...
 
Depois de almoçar, mesmo sabendo que o carro não estaria pronto (e não estava) fui para o centro de lavagem... eram já 13h20.. O rapaz ainda estava a aspirar e limpar por dentro... e eu perguntei: Olha uma coisa que me faz muita confusão...este vosso serviço custa 11.99 já com IVA incluído, portanto isto custa 10€ .. Se demoram em média 1 hora e meia como é que isto compensa?
 
- Aqui é mais caro, alguns clientes até se queixam disso, respondeu ele ingenuamente...
 
- pois... mas sabes que nos outros lados onde se paga menos (e de facto paga-se, normalmente 6/7 euros) o serviço dura 10/15 minutos... disse eu...
 
Depois paguei e tal (dei gorjeta) e pensei ... Este funcionário ganha de certeza o salário mínimo... cheguei a casa já às 14 e pico... já só vi uns minutos do MU VS Chelsea...
3-4-2010

4 comentários:

Mac Adame disse...

Ah, pois, não tenho dúvida que ganha o salário mínimo. Ele e muitos outros milhares de trabalhadores. Diria mesmo que o salário mínimo, em Portugal, está cada vez mais na moda.

polittikus disse...

Devo dizer que sou sociologo e que faço exactamente o que recomendas. Já agora de certeza que o rapaz ganha o salário minimo...

C Valente disse...

Pois é não dá para entender certas coisa
Saudações amigas e bom fim de semana

O Guardião disse...

Reparar no que se passa ao nosso redor ajuda-nos a entender melhor as bizarrias com que por vezes somos confrontados. O que é uma inutilidade para uns é uma necessidade para outros e o difícil mesmo é perceber porquê.
Cumps